DLA Piper


Como a DLA Piper está a transformar a sua equipe de advogados em empreendedores orientados para os lucros

Com a visão ambiciosa de ser uma firma de advogados dentro do Top 5 mundial, a DLA Piper tem a merecida reputação de ser bastante progressiva e astuta. Os serviços oferecidos pela firma são muito distintos, espalhados por diversas áreas nucleares, como por exemplo a Comercial, a de Contencioso e a de Imobiliário.

Como parte integrante desta visão global, a firma empenha-se em garantir que colaboradores de todos os níveis da organização compreendam o funcionamento financeiro de um escritório de advogados. A DLA Piper é uma organização que tem essencialmente várias centenas de proprietários, em que todos têm responsabilidades financeiras. Assim, faz todo o sentido incutir nos colaboradores uma visão financeira consistente, juntamente com um conhecimento especializado das leis.

Amber Moore, Diretora de Aprendizagem e de Desenvolvimento na DLA Piper, foi pioneira nesta iniciativa, trabalhando com a ProfitAbility (parceira da ProPeople nos Simuladores de Negócio) para desenvolver conceitos de gestão financeira para escritórios de advogados, capazes de chegarem a diversos colaboradores com funções muito diferentes dentro da sua organização.

O programa Legal ProfitAbility, a simulação de tabuleiro desenvolvida pela ProfitAbility especificamente para escritórios de advogados, foi escolhido como um dos métodos de desenvolvimento dos conhecimentos de gestão financeira dentro da DLA Piper.

Segundo a Amber: “É muito fácil dar uma palestra sobre finanças. Mas com o programa Legal ProfitAbility, os nossos colaboradores podem experimentar verdadeiramente os altos e baixos das consequências resultantes das suas decisões financeiras.”

O programa consiste num workshop de um dia e meio em que participantes da DLA Piper são divididos em equipas que competem entre si, cada uma a gerir o seu próprio escritório de advogados. O conceito de tempo é mais compacto, de forma a desenvolver vários ciclos económicos no decorrer do programa. Depois de cada ciclo, as equipas têm a possibilidade de rever a sua estratégia e de tentar uma abordagem diferente. “Inicialmente existe algum ceticismo da parte dos advogados – estamos a falar de pedir a pessoas brilhantes e muito qualificadas que joguem um jogo de tabuleiro enquanto trabalham! Mas a componente competitiva do programa rapidamente ganha destaque e as equipas desenvolvem técnicas de gestão cada vez mais sofisticadas que resultam em crescimento e em lucro.”

“Muitos escritórios de advogados enfrentam desafios semelhantes” explica Phil Walsh, Client Team Diretor na ProfitAbility. “Estes escritórios são negócios comerciais como quaisquer outros, mas o facto de estarem focados nos custos e na rentabilidade pode ser visto como uma desvalorização dos serviços profissionais que proporcionam aos seus clientes. É como se a palavra ‘lucro’ seja considerada pelos advogados como um palavrão. O programa Legal ProfitAbility foi desenhado para permitir que os advogados identifiquem claramente o seu papel no sucesso comercial da firma e afastar qualquer noção de que as conversas sobre dinheiro (tanto internas como externas) são desconfortáveis.”

Este programa está agora a ser implementado muito para além da base de sócios da DLA Piper. A sua adaptabilidade significa que pode ser utilizado muito cedo nas carreiras de jovens advogados, dando-lhes uma grande perspetiva das variáveis que têm impacto no lucro de um escritório de advogados. Da mesma forma, os colaboradores da DLA Piper estão agora a combinar os seus conhecimentos profissionais especializados com os princípios sólidos de gestão de um escritório de advogados. A sua capacidade para suportar eficazmente a organização para a qual trabalham está a evoluir em conjunto com esta.

Os indicadores de melhoria na tomada de decisões financeiras são fortes, tal como o feedback positivo dos próprios advogados. Mas a ProfitAbility e a DLA Piper têm um plano bem definido para medir o impacto do programa. É solicitado a cada participante que terminem o programa com a elaboração de um plano de ação financeiro, que será alvo de acompanhamento. Um plano individual pode incluir compromissos como por exemplo “reduzir o trabalho pendente em 10%”, “melhorar os preços em 5%”, “melhorar a precisão da contagem de tempo em 10%” ou “reduzir prazos de recebimento em 10 dias” – situações onde o impacto financeiro pode ser calculado.

O recurso a coaching é uma possibilidade de suporte aos advogados que procuram cumprir os objetivos do seu plano de ação. O principio é o de ajudar os advogados a superar obstáculos que possam surgir. Este coaching é oferecido sob a forma de Team Coaching facilitado. Por exemplo, um advogado que reduziu com sucesso os seus prazos de recebimento pode partilhar experiências com outros que tenham aumentado com sucesso os seus honorários.

Ao acompanhar a concretização dos compromissos feitos nos planos de ação, e medir a influência do coaching/ aprendizagem ativa neste processo, o impacto do compromisso da DLA Piper em atingir uma mestria na forma como faz a sua gestão financeira será bastante claro.

Até agora, mais de 1,200 sócios e colaboradores da DLA Piper já passaram pela experiência de gerir “um pequeno escritório de advogados” através do programa Legal ProfitAbility. Com o aumento sistemático de participantes a serem integrados neste processo de aprendizagem, a DLA Piper está em condições de atingir a sua visão de Top 5 mais cedo do que o previsto.